Home / Mentalidade / Introdução à Filosofia do Sucesso

Introdução à Filosofia do Sucesso

filosofia sucessoProcurando sobre a filosofia do sucesso? Parabéns, você está prestes a se tornar mais um iluminado 🙂 . ( ou quase isso).

Quanto à postura em relação à vida costumo dividir as pessoas em, basicamente, dois tipos: as reativas e as ativas (os iluminados 🙂 ).

Pessoas reativas

Pessoas reativas são as que conduzem suas vidas de maneira não planejada, ou seja, apenas reagindo aos estímulos externos.

Pessoas assim precisam estar perdidas em dívidas para se interessarem por planejamento financeiro, precisam ficar doentes para passarem a comer de maneira mais saudável e praticar exercícios, precisam perder o emprego para se preparem melhor para o mercado de trabalho, enfim, não é a pessoa que gere a vida, mas sim a vida que gere a pessoa.

Normalmente a pessoa reativa leva a vida esperando que, em algum momento, algo mágico e diferente vai acontecer e mudar sua vida, de maneira instantânea. Exceto em raríssimas exceções, esse algo mágico não acontece.

Considero viver dessa maneira uma escolha perigosa, pois essa conduta faz sua vida ser um barco a deriva em um mar bastante revolto. Se o mar se acalma a pessoa fica bem, se o mar se agita a pessoa corre o risco de afundar.

Se você se identificou com o perfil a notícia boa é que comportamento é questão de hábito e, se não gostamos do nosso comportamento atual, podemos mudá-lo seguindo os caminhos certos.

Pessoas ativas

Já as pessoas ativas planejam e conduzem a sua própria vida.

Nada tem a ver com prever o futuro, mas sim, ter definido especificamente o que você quer no futuro, planejar como chegar lá e, dia a dia, dar um passo a mais para alcançar o futuro desejado.

Desse modo, a pessoa ativa não fica esperando algo acontecer em sua vida. Pessoas desse tipo sabem que podem transformar sua vida na realidade que desejam, contanto que ajam de forma a alcançar essa realidade.

Logicamente, nem sempre tudo sai como o planejado, contudo, como nosso objetivo final esta definido, podemos realizar as correções necessárias no meio do caminho e continuar, passo a passo, rumo ao nosso futuro.

A vantagem de ter as rédeas da própria vida mas mãos é que, mesmo nos imprevistos, por termos em mente qual é nosso objetivo, fica mais fácil adaptarmo-nos às eventualidades e seguirmos caminhando. Falo mais sobre isso no post: Como Alcançar qualquer Objetivo.

Repetindo, comportamento é questão de hábito, dessa forma, se você quer passar a ser uma pessoa ativa, com a técnica correta, você conseguirá alcançar esse objetivo.

Introdução à Filosofia do Sucesso

Pois bem, já disse em outros posts que a ideia de sucesso é muito pessoal de cada um, dessa forma, o que eu vejo como uma vida de sucesso para mim, pode ser diferente do seu ideal de sucesso.

O bom é que, não importa qual sua ideia de sucesso, a Filosofia do Sucesso é, basicamente, uma manual de como alcançar metas, sejam elas quais forem.

Quem segue a filosofia do sucesso acredita que alcançar nossa meta de vida é uma mera questão de escolha, ou seja, eu defino como quero que minha vida seja e, a partir daí, começo a agir para conquistar o padrão desejado.

Agindo assim, passamos a ter uma vida completamente nova. A cada dia que passa, agindo da maneira correta, estaremos um pouco mais próximos do nosso ideal. Essa conduta dá uma sensação de poder, pois você passa a sentir que seu destino e está nas suas mãos e não a mercê da sorte.

1º Passo – Acreditar que pode e passar a ser uma pessoa ativa

Pessoas realizadoras são ativas. Não há como fugir disso. Se você quer realizar transformações tanto na vida dos outros como na sua, você terá quer ser alguém mentalmente e materialmente ativo.

Qualquer pessoa pode ser assim, qualquer um mesmo. Não importa a situação de marasmo e falta de atitude na qual você pode se encontrar agora. O que você é hoje é só o resultado da sua mentalidade, hábitos e atitudes passadas.

A partir do momento que você passar a pensar, se comportar e agir diferente, o desenho do seu futuro começará, pouco a pouco, a se alterar.

É quase como nascer de novo para algumas pessoas, contudo, totalmente possível.

Se parecer difícil no início eu digo uma coisa: você não perderá nada em tentar.

Se você tem uma vida que não considera interessante no momento, que tal pelo menos tentar fazer algo diferente?

Combinados então, vamos tentar?

Pois bem, agora que você acredita que é possível – sim você acredita, caso o contrário não estaria lendo até aqui – isso mostra que, pelo menos inconscientemente, você sabe que pode alterar sua vida. Vamos ao passo dois.

2º Passo – Desenhando o castelo: onde você quer chegar?

O principal ponto da filosofia do sucesso é o objetivo principal definido. Tudo depende disso. Se você não sabe onde quer chegar, o mais provável é que não chegará a lugar nenhum.

Não importa o quão bem instruído e ativo que você seja, o principal ponto é saber onde exatamente você quer chegar. Seria como estar em um aeroporto com todos os voos à sua disposição. Se você não souber para onde quer ir, toda essa infraestrutura de nada serviria.

Em contrapartida, de nada adianta saber para onde se quer ir se você não possui meios de chegar até lá, mas sobre isso falarei mais adiante.

Eu sei que, no início, é mais difícil definir sua meta de vida. Alias, é necessário um post específico sobre a definição de metas, quando eu escrever coloco o link aqui.

Por enquanto, vou passar noções superficiais.

O primeiro ponto relevante é que uma meta de vida deve ser específica. Ou seja, dizer: eu quero ser rico, por exemplo, não é uma boa meta.

Ser rico quanto?

Fazendo o que?

Quando?

Quanto mais específica e detalhada uma meta for, mais “cumprível” ela é. Como eu disse antes, desenvolver-se na vida é um processo, portanto, é imperioso que a meta seja algo palpável, para que possamos, dia a dia, verificarmos onde estamos no caminho em direção à meta.

Gosto de usar a analogia do castelo. Imagine que sua meta de vida é um castelo formado por diversos tijolos. Cada tijolo são objetivos que, se cumpridos, levarão você a construir o castelo, ou seja, alcançar a meta.

Dessa forma, definindo exatamente onde se quer chegar fica muito mais fácil de desenhar o plano de como efetivamente chegaremos.

Para que seja possível “quebrar” a meta em objetivos menores, é obrigatório que essa meta seja muito bem definida.

Certo, vou explicar mais no post sobre como definir metas e traçar planos. O que você precisa, de início, é saber que, para chegar em algum lugar, você precisa saber onde quer ir.

3º Passo: Adquirindo mentalidade correta

Essa é um parte interessante. Devemos fazer o correto com a mentalidade correta. Duas pessoas que iniciarem projetos parecidos, mas com mentalidades distintas, certamente terão resultados finais bem diferentes.

Ok Valter, mas o que é isso de mentalidade?

Assim como os passos anteriores, precisarei de um (ou mais) post sobre o assunto para explicar detalhadamente, mas basicamente, é o que chamamos de Mapa Mental ou Mindset.

O seu mapa mental é a sua forma de ver o mundo. Quando falo “ver” não estou me referindo ao sentido da visão em si, mas sim como seu cérebro “traduz” e reage aos estímulos externos.

Algumas pessoas veem uma dificuldade como um problema, como uma injustiça do mundo e passam a se lamentar sobre o ocorrido. Outras pessoas podem passar por aquela mesma dificuldade e enxergarem a oportunidade de se tornarem mais fortes, reagirem e melhorem sua situação futura.

Você percebeu? A dificuldade era mesma, mas a conduta frente a ela foi diferente.

Ter uma determinada mentalidade levará você a enxergar o mundo de determinada forma, agir e obter determinado resultado. Portanto, todo o processo começa com a mentalidade, por isso é tão importante cuidar desse ponto.

Antes de me aprofundar no assunto em outros posts, já deixo claro que seu mapa mental pode ser deliberadamente “desenhado”, ou melhor, redesenhado por você. Pessoas de sucesso costumam pensar de igual forma, ou seja, ter um mapa mental parecido. Se quisermos nos tornar pessoas de sucesso, devemos verificar que mapa mental é esse, é reprogramarmos nossa mente de forma a nos tornarmos parecidos.

4º Passo: agir, medir resultados, corrigir e agir novamente

Por fim, chegamos a um ponto crucial. Logicamente, acreditar em si mesmo, definir onde se quer chegar e adquirir uma mentalidade são pontos de crucial importância, mas de nada adiantarão se, na prática, você não fizer nada.

Aqui você entra em um ciclo constante: >>agir>>medir resultados>>corrigir>>agir novamente>>>>>agir>>medir resultados>>corrigir>>agir novamente>>>>>agir>>medir resultados>>corrigir>>agir novamente…

A partir do momento que você tem uma meta, mesmo que você ainda não tenha em sua cabeça o plano completo de como fará para alcançá-la, é provável que você já tenha, pelo menos, um esboço, mesmo que esfumaçado, do que precisa fazer.

Assim, você deve começar a agir imediatamente, mesmo que não se considere pronto. Esse é o ponto que muda nosso rumo na vida. Temos que acreditar que nosso ideal de vida é possível, definir exatamente o que é esse ideal, traçar um plano, mesmo que ainda falho e começar a agir agora.

Repito: comece agora, mesmo que você não se considere pronto.  A verdade é que se deixarmos a reviravolta das nossas vidas para quando nos achemos prontos o mais provável é que não comecemos nunca.

Comece a agir agora. Após um tempo, veja os resultados que obteve.

Foram como você esperava? Não? Corrija e aja novamente.

Faça isso infinitamente.

Quando mais caminharmos rumo à nossa meta, melhor ficarmos e o plano detalhado de como alcançar nosso ideal vai surgindo, quase que automaticamente, em nossa cabeça.

Essa é a mágica. No início podemos não saber exatamente o que fazer, ou termos uma noção errada de como caminharemos. Ao começar a caminhar, com atitude, os próximos passos vão ficando cada vez mais nítidos.

Ufa!

Eu não queria me alongar, mas acho que já fiz isso 🙂 .

Como disse no início, o presente post é para te dar uma noção inicial sobre a filosofia do sucesso. Os conceitos mais profundos serão dados em posts específicos.

Qualquer dúvida pode perguntar nos comentários que terei imenso prazer em responder. Além disso, se ainda não o fez, inscreva-se com seu e-mail no formulário no final do post, assim, sempre que eu postar algo, você será avisado.

Abraços e até a próxima.


Preencha seu e-mail e receba meus artigos gratuitamente!


Garantimos sua privacidade. Não divulgamos seu e-mail!

Shares